quarta-feira, 23 de julho de 2014

Dez propostas para mudar o futebol brasileiro

20140723-103756-38276344.jpg

terça-feira, 22 de julho de 2014

Eleições no Ceará – Primeira pesquisa pode sair do forno nesta 3º feira

Pode ser divulgada, a partir de hoje, a primeira pesquisa no Ceará após o início da campanha. Foi realizada pelo Ibope, contratada pela TV Verdes Mares. Nenhuma das consultas pré-eleitorais projetou o cenário da campanha. No Ibope de junho, Eunício aparecia sempre tendo como adversário seu vice, Roberto Pessoa (PR), e ainda Nicolle Barbosa (PSB), que na última hora deixou de ser candidata. E não havia nenhum cenário com Camilo Santana (PT).
A situação que mais se assemelha à atual é da pesquisa Ibope do fim de abril, na qual Eunício tinha 43%, contra 6% de Camilo. Ailton aparecia com 3%. Nicolle aparecia como candidata do PSB, no lugar de Eliane, e tinha 4%. Brancos, nulos, os que não sabem ou não responderam somavam incríveis 45% numa pesquisa estimulada.
Da Coluna Política, do O POVO desta terça-feira, assinada pelo jornalista Érico Firmo

Caro titio: aecioporto custa tanto quanto aeroporto comercial no Ceará

aracati
O “aecioporto” construído no município de Cláudio, junto à fazenda de Aécio Neves, custou, como está publicado, R$ 13,4 milhões, isso na data da licitação, em dezembro de 2008.
Como se viu, ele consiste quase que exclusivamente numa pista de 30 metros de largura com 1 km de extensão.
Não tem estação de passageiros, área de carga, apenas um “quadradão” asfaltado para o estacionamento de aeronaves e automóveis.
O valor, corrigido de janeiro de 2009  para maio de 2012, pelo IGP-M, equivale a R$ 17,9 milhões.
Fora o “milhãozinho” que o titio de Aécio achou pouco pelo terreno, sem contar a valorização da área não desapropriada.
No Ceará, um aeroporto comercial – o de Aracati – voltado para o turismo, com uma capacidade para atender Boeings 737 em até 1200 vôos por ano (o de Cláudio, segundo a Folha, recebe um avião pequeno por semana) custou R$ 19 milhões em obras civis, em valor de 2013.
Tem pista de 2200 metros de extensão (incluindo 400 m de área de escape), capaz de suportar aeronaves pesadas. Tem área de taxiamento e pátio de estacionamento de aeronaves de 13 mil metros quadrados, o que, sozinha, já equivale a quase metade da pista de Cláudio. Tem posto para bombeiros. Tem, sobretudo, uma estação de passageiros para atender o movimento turístico.
O custo total da obra, operada por parceria com a TAM, ficou em R$ 19 milhões, em valores de 2012.
Depois de exigências de equipamentos, o aeroporto de Aracati foi homologado pela ANAC e, além dos vôos turísticos ou regulares para aquele trecho do litoral cearense, vai receber as aeronaves para o Centro de Manutenção da TAM, ali ao lado.
Quem sabe algum jornal se interessa pelo assunto?
Se quiserem, procurem a Anac, que tem planilhas de custo padrão para aeroportos. É só pedir que eles dão.
Fonte: Tijolaço

sexta-feira, 18 de julho de 2014

PESQUISA ELEITORAL IBOPE realiza pesquisa sobre opinião do eleitor cearense

Entrevistas abordarão preferências de voto ao Governo, ao Senado e à Presidência, além do nível de aprovação de Cid e Dilma.
De acordo como Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o IBOPE Inteligência Pesquisa e Consultoria LTDA foi contratado pela Televisão Verdes Mares para realizar uma pesquisa com o eleitor cearense sobre os candidatos, registrados junto a Justiça Eleitoral, para as disputas ao Governo do Estado, ao Senado Federal e à Presidência de República.

As entrevistas têm início nesta sexta-feira (18) e seguirão até o próximo dia 22 de julho, quanto está prevista a divulgação dos resultados do estudo, que também apresentará um retrado do eleitor cearense, com informações sobre idade, instrução e nível econômico.

Entre os dados que serão computados estão a preferência dos votos com a indicação do candidato de forma espontânea e também com a apresentação das opções por parte do entrevistador. Os consultados também apontarão os candidatos não votariam de jeito nenhum e quem eles acreditam que, no final do processo, acabarão sendo eleitos pelo povo.

É evidente que as atuais administrações das instituições públicas do Estado têm influência na opinião do eleitor e, por conta disso, o IBOPE também avaliará o nível de aprovação do governador Cid Gomes (PROS) e da presidente Dilma Rousseff entre os participantes da pesquisa.

O eleitor também deverá elencar os problemas mais graves enfrentados atualmente pela população do Ceará. As opções apresentadas são: abastecimento de água, agricultura, assistência Social, funcionalismo público, educação, energia elétrica, estradas, geração de empregos, habitação, impostos e taxas, meio ambiente, rede de esgoto, saúde, segurança pública, administração pública, cultura e lazer, corrupção, turismo, drogas, transporte, enchentes e seca.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

FUNDO DE PARTICIPAÇÃO Senadores aprovam repasse mais alto de tributos a municípios

Após entendimento entre o governo e o Congresso, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou, nesta quarta-feira (16), a ampliação de um ponto percentual no repasse de recursos do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O reforço às finanças municipais deverá ser realizado ao longo de dois anos - 0,5 ponto no primeiro e 0,5 ponto no segundo. Com isso, o repasse total aos municípios, hoje de 23,5%, passaria a 24,5%.

A medida consta de proposta de emenda à Constituição da senadora Ana Amélia (PP-RS) que segue, agora, para dois turnos de votação no Plenário do Senado. Originalmente, a PEC 39/2013 estabelecia o aumento de dois pontos percentuais do repasse do IR e IPI na composição do FPM, a ser implementado de uma única vez. No entanto, o relator, senador Armando Monteiro (PTB-PE), decidiu acolher em seu substitutivo emenda do senador Humberto Costa (PT-PE) reduzindo a ampliação à metade.

Ao justificar a emenda, Humberto considerou “oportuno” o aumento no repasse dos dois impostos para o FPM, no sentido de desconcentrar a arrecadação das receitas tributárias e amenizar a situação de fragilidade fiscal dos municípios. Mas apresentou uma ponderação para alterar o texto original da PEC de Ana Amélia, negociada com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

“Frente ao maior esforço fiscal previsto para os próximos anos, necessário para equacionar as expectativas inflacionárias e acelerar as taxas de crescimento econômico no médio e longo prazos, é necessário um ajuste mais paulatino da distribuição de recursos entre os entes federados”, argumentou Humberto.

Nesta terça (15), uma comitiva de prefeitos se encontrou com o presidente do Senado, Renan Calheiros, para pedir a aprovação da PEC. Na ocasião, eles pediram que o aumento fosse de, no mínimo, 1,5 ponto percentual.

Diversos senadores se manifestaram favoravelmente ao acordo fechado nesta quarta, mas sustentaram que a iniciativa não vai resolver os problemas financeiros dos municípios. Eles se comprometeram a prosseguir na luta por um maior equilíbrio na repartição da arrecadação tributária entre os entes federados.

A proposta foi comentada pelos senadores Gim (PTB-DF), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Pedro Simon (PMDB-RS), Inácio Arruda (PCdoB-CE), Lúcia Vânia (PSDB-GO), Waldemir Moka (PMDB-MS), José Agripino (DEM-RN), Romero Jucá (PMDB-RR), Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), Lídice da Mata (PSB-BA) e Eduardo Braga (PMDB-AM).

* Com informações da Agência Senado

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Eleições 2014 – Camilo Santana pede impugnação da chapa encabeçada por Eunício

camilo santana
Camilo é chamado de “gatinho” entre eleitoras.
“A coligação “Para o Ceará Seguir Mudando”, encabeçada pelo candidato ao governo Camilo Santana (PT), deu entrada a cinco ações de impugnação do registro de candidatos majoritários e proporcionais da aliança encabeçada por Eunício Oliveira (PMDB) junto à Justiça Eleitoral .
A justificativa é que de houve irregularidades nas convenções de partidos coligados a Eunício que definiram candidatos a governador, vice, senador e deputados estaduais e federais.
As ações fazem parte das 28 ações de impugnação de registro de candidatura protocoladas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Ceará até as 19 horas de sábado, 12. A assessoria de imprensa do candidato Eunício Oliveira nega qualquer irregularidade nas convenções das candidaturas ligadas ao peemedebista.”
(O POVO/Divulgação)

Fim do mistério: 'CT' da Alemanha existe há cinco anos e é na verdade projeto imobiliário

A entrada pela praia do Campo Bahia em Santo André, no município de Santa Cruz Cabrália
A entrada pela praia do Campo Bahia em Santo André, no município de Santa Cruz Cabrália
Assim que a seleção alemã encerrar a sua participação na Copa do Mundo, no ano que vem, o quartel-general do país no vilarejo de Santo André, em Santa Cruz Cabrália, na região Sul da Bahia, será todo ele colocado à venda. O objetivo dos investidores é recuperar o investimento que está sendo feito na construção da estrutura que pode demorar mais do que o esperado para ficar pronta e ser entregue apenas em maio.
Ao todo, o ‘Campo Bahia', como foi batizado, conta com 14 casas, incluindo uma área de convivência para a delegação europeia. A expectativa é de que todo esse complexo seja transformado num condomínio ao fim do Mundial.
A informação foi confirmada ao ESPN.com.br, nesta quarta-feira, pelo gestor do empreendimento Tobias Junge.
"É um condomínio para morar. As casas serão vendidas. Queremos amortizar o que foi colocado aqui. Um valor alto, mas que prefiro não te falar (risos). É uma coisa arriscada que estamos fazendo. Um risco porque não existe garantia de que vamos conseguir comprador para um imóvel de 400 m²", afirma.
Ao contrário do que se noticiou na última sexta-feira, após a confirmação pela federação alemã (DFB) de sua ida para Cabrália, a entidade não está por trás do projeto. Ele existe há praticamente cinco anos e teve no próprio Junge um de seus idealizadores. O diretor, que mora em Porto Seguro e tem raízes no ramo de mineração no interior baiano, será um dos que lucrará com a comercialização do local.
ESPN.COM.BR
Piscina destinada aos atletas
Piscina destinada aos atletas

Ele não está entre os principais investidores do complexo, no entanto. O empresário Kay Bakemeier, ligado à seguradora Allianz Seguros, e Christian Hirmer, magnata do mundo da moda, são os responsáveis pela maior parte do dinheiro aplicado na obra.
Os dois estiveram por diversas vezes ao lado da comitiva alemã liderada pelo ex-jogador Oliver Bierhoff nas cinco visitas feitas ao Campo Bahia. Hirmer tem chegada marcada a Porto Seguro no próximo dia 28 de dezembro e deverá passar o réveillon no Eco Resort, na vizinha Arraial D'Ajuda.
A princípio, está prevista apenas uma mudança para venda nas casas do arquiteto capixaba Sandro Pretti: a substituição de um dos quartos por uma cozinha. A ausência do compartimento foi um dos pedidos especiais feito pela DFB depois da abertura de negociações no fim do ano passado. Em contato com a reportagem, um membro da federação revelou que a ideia é concentrar, assim, todo o elenco no centro de convivência e "evitar que se tenha um grupo do Borussia Dortmund e outro do Bayern de Munique fazendo espaguete sozinho".
Os atletas ocuparão as quatro casas localizadas de frente para o mar e terão a possibilidade de fazer parte de seus exercícios, como spinning, a céu aberto.
O complexo está situado ao lado do principal resort da vila, o Mabu Costa Brasilis. A estratégia inicial era fazer dele o representante de Santa Cruz Cabrália na briga por seleções, porém, a CVC, então proprietária do espaço, não se mostrou animada com a proposta na época.
"Sempre foi falado pelo Bierhoff deixarmos um legado, mas não aqui com essas casas. Um legado para Santo André, na verdade, com educação, crescimento do turismo, internet de altíssima qualidade", diz o gestor Tobias Junge.
A Alemanha está no grupo G do Mundial, ao lado de Portugal, Gana e Estados Unidos. O time comandado por Joachim Löw faz a sua estreia contra os lusitanos, no dia 16 de junho, em Salvador. Os seus demais jogos serão todos na região Nordeste, em Fortaleza e no Recife.

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Patrimônio de Dilma cresce 64% e de Aécio 305% em quatro anos

Os dois candidatos que lideram a corrida eleitoral, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), tiveram expansão significativa de seus patrimônios nos últimos quatro anos, de acordo com declarações de bens apresentadas ontem ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Enquanto os bens da presidente aumentaram 64%, saindo de R$ 1,07 milhão para R$ 1,75 milhão, os do senador tucano aumentaram 305%, indo de R$ 617,9 mil para R$ 2,5 milhões. A inflação acumulada desde maio de 2010, medida pelo IPCA, é de 27,3%.

Nesses quase quatro anos em que ocupa o Palácio do Planalto, a presidente comprou um lote em Porto Alegre (RS), quitou outro, adquiriu mais joias, aumentou o montante depositado na poupança e em conta corrente, além do dinheiro guardado em espécie. Nas eleições passadas, a presidente declarou manter R$ 113 mil em dinheiro em espécie. Esse montante cresceu para R$ 152 mil. De acordo com a assessoria de imprensa da campanha à reeleição, trata-se de dinheiro que a presidente tem para viagens ao exterior. As despesas pessoais costumam ser pagas por ela. O valor declarado em joias adquiridas passou de R$ 52.500 para R$ 72 mil.No caso de Aécio, boa parte do crescimento de seu patrimônio se deve à aquisição de cotas da Rádio Arco-Íris em 2010, no valor de R$ 700 mil, e à herança de cotas da Perfil Agropecuária e Florestal que agora totalizam R$ 666,7 mil em sua prestação.

APARTAMENTO NO RIO E EM BH

Além disso, o tucano também teve um salto nos valores que mantém em contas correntes, aplicações, fundo de previdência e título de capitalização, que passaram de R$ 55.400 para R$ 378.700, e comprou uma caminhonete Land Rover Freelander, por R$ 166.500. O tucano atribui boa parte de sua evolução financeira à herança recebida do pai, o ex-deputado Aécio Cunha, morto em outubro de 2010.

Segundo a assessoria da campanha tucana, o valor vem “dos rendimentos no período e da venda de bens recebidos como herança. Sobre a emissora (de rádio), as cotas foram adquiridas em dezembro de 2010, constando da declaração de imposto de renda daquele ano.”

O tucano manteve os imóveis que tinha em 2010: dois apartamentos (um na Lagoa, no Rio, comprado em 1995, outro em Belo Horizonte, em 1996) três lotes em Nova Lima, adquiridos em 1990 e 1991, e 50% de imóvel na cidade de Cláudio (MG).

INVESTIMENTO EM JOIAS E IMOVÉIS EM PORTO ALEGRE

A maior parte dos investimentos de Dilma, 77%, está em imóveis e terrenos — três apartamentos, dois terrenos e uma casa. Com exceção de um apartamento em Belo Horizonte, todo o restante situa-se em Porto Alegre. Dilma mantém um Fiat Tipo 1996, que já havia declarado nas eleições de 2010.

Durante esses quatro anos em que ocupa a Presidência, a petista comprou um lote em Porto Alegre, no valor de R$ 337.900. Em 2010, ela havia declarado o pagamento de um sinal de R$ 49.500 em um outro lote no mesmo condomínio, registrado agora pelo valor de R$ 247.900. Já o valor declarado em joias adquiridas passou de R$ 52.500 para R$ 72 mil. Seus depósitos na caderneta de poupança passaram de R$ 46.894 para R$ 129.904. Além disso, a presidente declarou um saldo de R$ 1.212 em conta corrente no Banrisul e de R$ 8.768 na Caixa Econômica Federal. Ela também mantém R$ 3.660 em um fundo de investimento do Banrisul.

Terceiro colocado nas pesquisas de intenção de voto, o candidato do PSB, Eduardo Campos, teve uma evolução patrimonial de apenas 5%, bem abaixo da inflação acumulada desde 2010, quando apresentou sua candidatura à reeleição ao governo de Pernambuco. Atualmente ele tem um total de R$ 546.799 em bens, de acordo com declaração entregue ao TSE na última quinta-feira. Esse valor é de R$ 26.173 a mais do que o declarado em 2010, mas menor do que o montante declarado em 2006, quando disputou o governo pernambucano pela primeira vez, que foi de R$ 557.471.

EM SP, SKAF É O MAIS RICO

Dos candidatos a governador de São Paulo, o presidente licenciado da Fiesp Paulo Skaf (PMDB) é o que declarou maior renda ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE): R$ 17,7 milhões. Em 2010, quando o empresário foi candidato ao mesmo posto pelo PSB, seu patrimônio declarado foi de R$ 10,8 milhões. A maior parte de sua renda vem de participação em empresas. Entre elas, a Skaf Urbanização e Participação, BTS Construções e Solution Desenvolvimento Empresarial.

O governador Geraldo Alckmin (PSDB), candidato à reeleição, que havia declarado ter R$ 960.900 em 2010, registrou este ano bens no total de R$ 1 milhão. Na lista, um apartamento em São Paulo de R$ 323 mil e um sítio de R$ 110 mil em Pindamonhangaba (interior de SP). Alckmin também possui um veículo Montana 2006/2007, avaliado em R$ 34 mil.
Já o candidato Alexandre Padilha, do PT, declarou ter R$ 530 mil. Seu único imóvel é um terreno de R$ 202.600 em Santarém (PA).


Read more: http://oglobo.globo.com/brasil/patrimonio-de-dilma-cresce-64-de-aecio-305-em-quatro-anos-13150071#ixzz37By3WGxr

De “Katiroba” a “Perereca do Alumim”: confira nomes estranhos de candidatos cearenses nas Eleições 2014

Foto: Fernanda Oliveira/  Diário do Nordeste
Foto: Fernanda Oliveira/ Diário do Nordeste
Diversos candidatos que solicitaram registro ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para concorrer à vaga e representar o Ceará no Poder Legislativo possuem nomes de urnas, no mínimo, bem excêntricos. A Redação Web da Rádio VerdesMares fez um levantamento dos nomes “bizarros”, escolhidos pelos candidatos a deputado federal e a candidato estadual para serem usados na campanha eleitoral de 2014. São exemplos o “Me ajuda aí”, “Titica”, “Katiroba”, “Perereca de Alumim” e outros.
Confira a lista completa dos nomes diferentes dos candidatos a deputado estadual:
- Irmão Agamenon Homem da Cadeira (PTN)
- Cleson das Topics (PEN)
- Bob Sight (PSC)
- Gercina do Hospital (PPS)
- A Onde É (PTC)
- Bruno de Seu Gino (PSB)
- Eliane do Escritório (PMN)
- Titica (PSC)
- Cabeça (PTC)
- Bilionário Veiga (PEN)
- Paderin do Montese (PSC)
- Zé Macêdo – Acorda Cedo ( PTN)
- Benevides o Generoso (PTC)
- Homem Caju (PTN)
- Boi (PPS)
- Preto Rep (PV)
- Lora do Espetinho (PV)
- Katiroba (PTC)
- Me Ajuda Aí (PSC)
- Raimundo da Topic (PPL)
- Papai Noel (PMN)
Confira a lista completa dos nomes diferentes dos candidatos a deputado federal:
- Vaqueiro Ioiô (PSB)
- Macaco Tião Magalhães (PHS)
- Bidonga (PSDC)
- Chico do Posto (PT)
- Ernesto “Veia Cômica” (PSB)
- Fábio da Topic (PRTB)
- Geraldo da Água (PEN)
- Célio Gomes Baixinho da Coelce (PTN)
- Perereca do Alumim (PV)
- Nilda da Reciclagem (PMN)
- Ribamar do Hospital (PTN)

quarta-feira, 9 de julho de 2014

CANDIDATOS A GOVERNADOR QUASE DOBRAM FORTUNA

segunda-feira, 7 de julho de 2014

"Copa perfeita" em Fortaleza: seis jogos, R$ 700 milhões na economia e 860 mil torcedores no Castelão e na Fan Fest

Com 360 mil torcedores na Arena Castelão e mais de 500 mil na Fan Fest, a capital cearense se despediu do Mundial com legado social e de infraestrutura que ficará para a cidade

"Copa perfeita" em Fortaleza: seis jogos, R$ 700 milhões na economia e 860 mil torcedores no Castelão e na Fan Fest

Fortaleza encerrou a sua participação na Copa do Mundo na última sexta-feira (04.07), após a vitória do Brasil por 2 x 1 sobre a Colômbia, na Arena Castelão. O jogo valeu a classificação da Seleção para as semifinais após 12 anos. Em campo, foram seis partidas, 17 gols, e público de quase 360 mil pessoas. Fora dele, muita festa dos torcedores de vários países e elogios à cidade e ao povo cearense. Em entrevista coletiva para anunciar o balanço do Mundial, os gestores da prefeitura e do governo estadual celebraram a “Copa perfeita” organizada por Fortaleza.

“Nem nos meus melhores sonhos a gente teria uma Copa tão excelente como a que realizamos”, afirmou o secretário Especial da Copa do Ceará (Secopa), Ferruccio Feitosa. “É um sentimento de realização e felicidade chegar aqui não só com esse resultado, mas com essa energia e essa alegria que vimos em toda Fortaleza”, disse a secretária Extraordinária da Copa de Fortaleza (Secopafor), Patrícia Macedo.
Jogos e público

A primeira fase da Copa do Mundo batizou o Castelão como o “estádio das zebras”, já que nenhum favorito conseguiu vencer na capital cearense. Em 14 de junho, o Uruguai perdeu de virada para Costa Rica, por 3 x 1. Já no dia 17, o Brasil não conseguiu sair do zero diante do México. Quatro dias mais tarde (21.07), foi a vez dos alemães empatarem com a seleção de Gana por 2 x 2. Por fim, no dia 24 de junho, a Costa do Marfim precisava de um simples empate contra a Grécia para se classificar, mas perdeu por 2 x 1 e foi eliminada.

Nas oitavas e quartas-de-final, os favoritos Holanda e Brasil trataram de espantar as zebras e venceram México e Colômbia, respectivamente. Ao todo, foram quase 360 mil pessoas no estádio e média de 59 mil pessoas por jogo. Do total presente na Arena Castelão, segundo a Secopa, foram 150 mil turistas estrangeiros e 109 mil visitantes brasileiros de outros estados – média de 43 mil turistas por partida. Somados às pessoas que viajaram a Fortaleza sem ingressos para os jogos, o número de turistas deve superar os 350 mil.

Entre os estrangeiros, os norte-americanos lideraram o público na Arena Castelão, com 27 mil ingressos comprados, seguidos por mexicanos (22 mil) e alemães (15 mil). No mercado interno, os paulistas, com 40 mil entradas adquiridas, ficaram em primeiro no ranking de torcedores. Os visitantes do Rio de Janeiro (14 mil) e do Rio Grande do Norte (7,5 mil) aparecem em segundo e terceiro colocados.
Economia
Segundo o secretário Ferruccio Feitosa, o número de visitantes estrangeiros apenas na Arena Castelão superou a quantidade de turistas de outros países em todo ano de 2013 na capital cearense. “Os visitantes injetaram pelo menos R$ 700 milhões de forma direta na economia cearense durante os dias de Copa do Mundo. Ao longo de 12 meses, isso vai ser multiplicado e dará muitas oportunidades ao povo cearense”, disse o secretário. Segundo ele, a quantidade de empregos gerados ainda está sendo contabilizada.
Voos

Grande parte dos turistas que viajaram a Fortaleza optaram pelo deslocamento aéreo. No total, durante os dias de Copa do Mundo na cidade, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) registrou 5.025 voos – média de 209 por dia – no Aeroporto Internacional Pinto Martins. Apenas no dia da partida entre Brasil e Colômbia, na última sexta-feira (04.07), pelo menos 25 mil pessoas passaram pelo aeroporto da capital cearense.
Mobilidade
40 mil pessoas usaram os micro-ônibus especiais para torcedores com mobilidade reduzida
Um dos itens mais elogiados pelos turistas durante a Copa do Mundo foi o sistema de mobilidade implementado para os seis jogos na cidade. Ao todo, 350 ônibus grátis saíram de sete bolsões de estacionamento com destino ao estádio. De acordo com a prefeitura, foram 283 mil pessoas transportadas nas linhas especiais até o Castelão – média de 47 mil por partida. Além disso, foram 40 mil usuários dos micro-ônibus especiais para torcedores com mobilidade reduzida.

“Fiquei impressionado com a quantidade de ônibus e a rapidez até o estádio”, afirmou o holandês Geurt Roos, de 61 anos, que assistiu a vitória da Holanda sobre o México. As irmãs Benildes, 82, e Teresa, 70, saíram de Teresina para acompanhar a partida entre Grécia e Costa do Marfim. Do aeroporto, elas foram em uma das linhas especiais até o Castelão e, de lá, embarcaram em um micro-ônibus até a porta do estádio. “Está tudo ótimo. Fomos muito bem atendidas desde o aeroporto. Há muitos voluntários para ajudar os turistas e os ônibus são rápidos”, elogiou Benildes.
Fan Fest
Os 21 dias de Fan Fest resumiram bem o slogan “Fortaleza, cidade-sede da alegria” durante a Copa do Mundo. Escolhida pela FIFA para realizar a inauguração mundial do evento, em 8 de junho, a capital cearense viu 505 mil pessoas passarem pela arena montada na Praia de Iracema – média de 24 mil por dia. O espaço ainda realizará mais quatro exibições, nas semifinais, decisão do terceiro lugar e final da Copa do Mundo.
Atendimento médico
Os postos médicos avançados colocados na arena da Fan Fest, na Praia de Iracema, e no Castelão realizaram 804 atendimentos e 37 remoções para unidades de saúde da cidade. Foram 171 pessoas atendidas e 10 removidas no posto do estádio e 733 atendimentos e 27 remoções na Fan Fest.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e de Defesa Social do Ceará (SSPDS), foram realizados 497 boletins de ocorrência (BOs) e 80 termos circunstanciados de ocorrência (TCOs) durante a Copa do Mundo na capital cearense. Foram 31 prisões em flagrante, sendo 12 estrangeiros (10 mexicanos, um grego e um alemão). Para o Mundial, Fortaleza contou com mais de sete mil agentes de segurança em toda cidade.

Resíduos sólidos

Os 100 catadores de materiais recicláveis que atuaram no entorno da Arena Castelão e da Fan Fest, na Praia de Iracema, recolheram 37 toneladas de resíduos sólidos. “Essa operação é muito importante porque gera emprego e renda para os catadores. Além disso, fizemos uma limpeza da areia para garantir a salubridade”, afirmou a secretária Patrícia Macedo.
Voluntariado

Os inscritos no programa de voluntários do governo federal também tiveram participação importante durante o Mundial. No total, foram 280 pessoas, com 200 atuando nos bolsões de estacionamento e 80 divididas entre Fan Fest e Arena Castelão. A experiência, considerada como única pelos próprios voluntários, ficará na memória de cada um para a vida toda. “Foi uma experiência indescritível. Já vou procurar saber como faço para me inscrever para as Olimpíadas do Rio de Janeiro”, relatou a voluntária Vera Lúcia Silva, estudante de Turismo, que atuava na região do estádio para orientar os torcedores.
Legado para a cidade

Segundo os gestores da cidade e do estado, Fortaleza terá “outra cara” depois da Copa do Mundo. Além de ficar conhecida mundialmente após sediar jogos importantes da competição, a cidade realizou importantes obras de mobilidade urbana para melhorar a fluidez do trânsito. Com investimento de R$ 38,4 milhões, a rotatória e o túnel em frente ao estádio Castelão possibilitam a interligação das avenidas Paulino Rocha, Alberto Craveiro, Silas Munguba (antiga Dedé Brasil) e Juscelino Kubitschek. Já as avenidas Paulino Rocha e Alberto Craveiro, que foram ampliadas, tiveram investimento de R$ 19,5 milhões e R$ 28,6 milhões.

Além das obras de infraestrutura para o trânsito da cidade, Fortaleza inaugurou no dia 16 de junho o terminal de passageiros do Porto do Mucuripe. Na ocasião, 3,6 mil mexicanos chegaram em um navio para acompanhar a partida diante da Seleção Brasileira. O novo complexo, que tem capacidade para receber cerca de 4.500 passageiros por turno, para embarque ou desembarque, mede 350 metros de extensão e 13 metros de profundidade. O investimento de R$ 205 milhões inclui obra civil, utilidades, mobiliário operacional, licenciamento e compensação ambiental, indenizações, fiscalização e aquisição de equipamentos (scanner, circuito fechado de televisão, raio X, elevador, escada rolante, defensas, entre outros).

“São tantos legados que fica até difícil enumerar. O maior é o social, gerando emprego, renda e maior qualidade de vida para a população. Temos a visibilidade que Fortaleza ganhou para o Brasil e para o mundo, com a potencialização do turismo, que é algo que a gente precisa cada vez mais incrementar”, afirmou o secretário Ferruccio Feitosa. “As obras são para o povo cearense. É para a mobilidade, para que o morador passe menos tempo no transporte e mais tempo com a família”, completou. (Portal da Copa)

quinta-feira, 3 de julho de 2014

CONTRARIADO PELO SOLIDARIEDADE DAR APOIO AO PT DE CAMILO SANTANA, MARCOS CALS DESISTE DE CANDIDATURA A DEPUTADO.

O ex-presidente da Assembleia Legislativa Marcos Cals está pagando um preço alto por ter deixado o PSDB para se filiar no Solidariedade (SD). Contrariado pelo SD declarar apoio a Camilo Santana (PT) e não a Eunício Oliveira (PMDB), Cals desistiu de sua candidatura a Deputado Estadual.
Falou mais alto a sua ligação com Tasso Jereissati e sua coerente e histórica oposição ao PT.

Eros políticos.
Marcos Cals foi cooptado por Cid Gomes em seu primeiro mandato e foi Secretário de Justiça do Ceará. Curiosamente em 2010, resolveu sair candidato a governador contra o governo Cid o qual colaborava. Foi derrotado e feito. Saiu do PSDB e foi para o Solidariedade deixando de ser Cacique para ser índio de Genesias Noronha.
Pelo jeito, Cals pagou um preço caro. 

Datafolha: PRESIDENTE DILMA TEM 38%, AÉCIO 20 % E CAMPOS 9% DAS INTENÇÕES DE VOTO

Pesquisa Datafolha divulgada na noite desta quarta-feira (2) pelo jornal “Folha de S.Paulo” indica que a presidente Dilma Rousseff (PT) tem 38% das intenções de voto. O senador Aécio Neves (PSDB-MG) aparece com 20% das intenções de voto e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), com 9%.

No levantamento anterior do Datafolha, realizado no início de junho, Dilma tinha 34% das intenções de voto, Aécio, 19%, e Campos, 7%.

O percentual de entrevistados que disseram não saber em quem votar ou que não responderam passou de 13% para 11% entre a pesquisa de junho e a deste mês. Brancos e nulos eram 17% e agora são 13%.

O quarto colocado, pastor Everaldo (PSC), se manteve com 4% das intenções de voto, mesmo índice da pesquisa de junho.

A pesquisa do Datafolha foi realizada entre os dias 1 e 2 de julho. Foram entrevistadas 2.857 eleitores em 177 cidades do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que o instituto tem 95% de certeza de que os resultados obtidos estão dentro da margem de erro.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00194/2014.
Fonte: G1

ELEIÇÕES PROPORCIONAIS Contradições marcam formação de alianças no Ceará

Chapas para disputar cargos proporcionais nas eleições deste ano são formadas e juntam partidos rivais em nível nacional e até estadual. Para alguns políticos entrevistados, reforma política é necessária para evitar incoerências

Já foi definida ontem a maioria das coligações proporcionais (que disputam os cargos de deputado estadual e federal) para as eleições deste ano, mas até agora o que existe é um cenário de contradições. Partidos rivais nacionalmente e até em nível estadual podem ser vistos integrando uma mesma chapa, assim como políticos considerados adversários históricos.
No Ceará, PMDB e PT, aliados em nível nacional, disputam cargos em chapas rivais. Dentro de uma mesma coligação para deputado federal estão PMDB e PR, aliados da presidente Dilma Rousseff (PT); PSDB, DEM e PTN, defensores da candidatura de Aécio Neves (PSDB) à Presidência; PSC, do candidato a presidente Pastor Everaldo; PSDC, do presidenciável José Maria Eymael e PPS, que se aliou nacionalmente ao ex-governador e candidato a presidente Eduardo Campos (PSB).
Outro exemplo de contradição pode ser vista dentro da coligação do governo estadual, que reúne, dentre outros partidos, PT, Pros, PSL, SD e PTB. Os dois últimos são aliados do PSDB em nível nacional, enquanto o PSL esta junto nacionalmente do PSB de Campos.
Em 2002, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) criou resolução que determinou a verticalização das coligações, proibindo os partidos de realizarem, nos estados, alianças diferentes das concretizadas em nível nacional. Essa norma, porém, perdeu validade nas eleições de 2010 graças à Emenda Constitucional 52.
Posições
O deputado estadual Fernando Hugo (SD), que se define como “antipetista radical”, mas cujo partido integra coligações com o PT, afirma que as alianças foram decididas pela maioria do seu partido. “Eu não poderia de forma alguma me insubordinar contra uma decisão da cúpula partidária”. 
O presidente do PT cearense, Diassis Diniz, afirma que o partido não se sente desconfortável em relação às alianças. “Nós vamos discutir uma política macro. Nós não estamos mudando de posição. Ela continua a mesma”.
João Alves de Melo, secretário-geral do PMDB no Ceará, considera que as coligações realizadas são um “processo normal da democracia”. No mesmo sentido entende o ex-governador Lúcio Alcântara (PR), para quem “o que une esses partidos (coligados ao PR) é o desejo de mudar o grupo que está no poder no Ceará”.
Porém, segundo o vereador e candidato a deputado estadual Guilherme Sampaio (PT), “essas contradições são decorrências da fragilidade do nosso sistema político partidário”. Para ele, é necessário a realização de uma uma reforma política que “faça os partidos terem peso maior que os indivíduos”.

Para o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB) é preciso reduzir o número de partidos. “Como o Congresso não fez uma reforma política, infelizmente ficamos à mercê de resoluções (do TSE) a cada eleição”. 
Saiba mais
Coligações proporcionais no Ceará para deputado federal:
Bloco governista:
Pros, PT, SD, PTB, PDT, PCdoB, PSD, PSL, PRB, PHS


Oposição:
- PMDB, PR, PSDB, DEM, PSC, PTN, PSDC, PPS, PRP

- Psol, PSTU e PCB
- PSB

Coligações proporcionais no Ceará para deputado estadual:

Bloco governista:
- Pros, PT, SD, PTB, PCdoB, PSD, PSL, PRB, PHS, PV

- PDT 
Oposição:
- PMDB, PR, PSDB, DEM, PSC, PTN, PSDC, PPS, PRP (a chapa proporcional para deputado federal deverá se separar em dois blocos para deputado estadual. Porém, até o momento da finalização desta matéria, os responsáveis dos partidos pela formação dos blocos não forneceram informações sobre o resultado da negociação)

- Psol, PSTU e PCB
- PSB

Fonte: Opovo

Série D: Guarany de Sobral acerta com pacotão de reforços

Os jogadores chegam para a disputa da competição nacional que se iniciará após a Copa do Mundo

O Guarany de Sobral segue se preparando para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D, que terá seu início após o enceramento da Copa do Mundo. No domingo, a diretoria do Cacique do Vale acertou a chegada de quatro jogadores. O volante Totó e os meias Thiago Santos, Candinho e Victor Sonny. Agora, a direção do Bugre confirmou a chegada do zagueiro Junior Lopes, que estava no Paraná Clube.
O defensor se apresenta nesta quarta-feira, quando se juntará ao restante do elenco. Junior Lopes ficou conhecido por um episódio que envolveu o craque Neymar. Quando defendia o Bragantino, enfrentou o craque que na época jogava pelo Santos, na Vila Belmiro e ouviu o atual camisa 10 da Seleção Brasileira pedir para “pegar leve”.
Após conseguir o desarme apenas na bola por três lances seguidos, ouviu um agradecimento do jogar e, em resposta, disse “por nada, Deus te abençoe”. Com 26 anos, o zagueiro acumula passagem pelo futebol cearense, onde defendeu o Horizonte, em 2010. Fora do país, atuou em Portugal, passando também por clubes como Vitória, Gama e Nova Iguaçu.

Bancada do PTB troca Aécio por Dilma. No Ceará, partido já era Dilma desde criancinha

arnon
A bancada do PTB na Câmara e alguns senadores do partido decidiram ontem apoiar a candidatura da presidente Dilma Rousseff à reeleição. A decisão contraria a posição nacional do partido, que declarou apoio à Aécio Neves, candidato à presidência pelo PSDB, em convenção nacional realizada na última sexta-feira, 27.
Na semana passada, os deputados já haviam se reunido para discutir o posicionamento da sigla. O líder da legenda na Câmara, deputado Jovair Arantes (GO), afirmou na época que havia sido pego de surpresa pela decisão, mas avaliou que não fazia sentido a bancada mudar de lado depois de ter apoiado o governo na Câmara nos últimos quatro anos. Ontem, o senador Armando Monteiro (PE) compareceu à reunião dos deputados para levar a posição de parte dos senadores petebistas.
Ceará
Por aqui, o presidente regional do PTB, deputado federal José Arnon confirma que vai apoiar a reeleição da presidente Dilma Rousseff. Arnon sempre defendeu essa tese e deixou claro ainda que também respalda o petista Camilo Santana para o Governo.

A partir de sábado, em vigor regras para agentes públicos em clima de eleição

“A partir deste sábado, várias práticas são proibidas aos agentes públicos cujos cargos estejam envolvidos na disputa eleitoral. A vedação está clara no artigo 73 da Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997). Essa lei estabelece normas para a realização das eleições. A classificação de agente público é dada a toda pessoa física que presta serviços ao Estado e às pessoas jurídicas da Administração Pública Indireta. Existem quatro categorias de agentes públicos – agentes políticos; servidores públicos lato sensu (em sentido amplo); militares; e particulares em colaboração com o Poder Público.
Os agentes públicos não podem, a partir do dia 5, nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e, ainda, ex ofício (que não foi solicitada pelo interessado), remover, transferir ou exonerar servidor público, no local do pleito, até a posse dos eleitos, sob pena de nulidade de pleno direito.
No entanto, há exceções. É permitido, por exemplo, haver: nomeação ou exoneração de cargos em comissão e designação ou dispensa de funções de confiança; nomeação para cargos do Poder Judiciário, do Ministério Público, dos Tribunais ou Conselhos de Contas e dos órgãos da Presidência da República; e nomeação dos aprovados em concursos públicos homologados até 5 de julho de 2014.
A partir de 5 de julho, com exceção da propaganda de produtos e serviços que tenham concorrência no mercado, também é vedado aos agentes públicos das esferas administrativas cujos cargos estejam em disputa na eleição autorizar publicidade institucional dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos federais e estaduais, ou das respectivas entidades da administração indireta, salvo em caso de grave e urgente necessidade pública, assim reconhecida pela Justiça Eleitoral.
Também não se pode fazer pronunciamento em cadeia de rádio e de televisão, fora do horário eleitoral gratuito, salvo quando, a critério da Justiça Eleitoral, tratar-se de matéria urgente, relevante e característica das funções de governo.
Outra proibição é a contratação de shows artísticos pagos com recursos públicos na realização de inaugurações e o comparecimento de qualquer candidato a inaugurações de obras públicas, além da transferência voluntária de recursos da União aos estados e municípios, e dos estados aos municípios, sob pena de nulidade de pleno direito, ressalvados os recursos destinados a cumprir obrigação formal preexistente para execução de obra ou de serviço em andamento e com cronograma prefixado, e os destinados a atender situações de emergência e de calamidade pública.”
(TSE)